TGR 2014/2

Semestre 2014/02:

Título

Objetos de aprendizagem de Estatística para alfabetização Matemática na perspectiva da Educação Estatística.

Autor

Joana Steil Alves

Orientadora

Luciane Mulazani dos Santos

Data Apresentação:

24/11/2014

Área

Educação Estatística

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar uma pesquisa qualitativa realizada para seleção, apresentação e discussão de objetos de aprendizagem de Estatística que podem ser utilizados nos ciclos de alfabetização, no contexto da Alfabetização Matemática. Com isso, pretendemos mostrar exemplos de utilização de recursos das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) para o ensino de Estatística nos anos iniciais do Ensino Fundamental, em apoio às práticas didáticas de professores alfabetizadores. A discussão se dará no âmbito da Educação Matemática e da Educação Estatística.

Trabalho Completo

 Aqui

 

Título

Um estudo de caso sobre TDAH e a relação com a matemática

Autor

Bruna Fernandes Guimarães

Orientadora

Tatiana Comiotto Menestrina

Data Apresentação:

26/11/2014

Área

Educação Matemática

Resumo

Este trabalho teve como objetivo: estudar o caso de uma criança com TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade), verificar como ocorre sua assimilação de conceitos matemáticos, além de se desenvolver novos recursos e técnicas que auxiliem na aprendizagem de determinados assuntos na área da matemática. Para trabalhar com o estudante que tem esse determinado transtorno, primeiramente se teve como embasamento as normas da DSM-IV (Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais). Foi estudado o caso de uma criança em específico, com o transtorno que apresenta dificuldades em sala de aula e necessita de uma professora auxiliar. Foi entregue a cada professor do estudante um questionário (MTA SNAP-IV), contendo várias perguntas a respeito da postura e comportamento do estudante em sala de aula, para assim saber como melhor trabalhar com ele. Posteriormente foram observadas algumas aulas de matemática do aluno onde foram verificados seu comportamento, desempenho, material didático utilizado pelo professor de matemática, entrosamento com a classe e relacionamento com o professor de matemática. A próxima etapa resultou na aplicação de experiências de Piaget, encontradas no livro “Experiências básicas para utilização pelo professor” que abordaram os temas de correspondência termo a termo, seriação e classificação onde se verificou as fases do desenvolvimento da criança em estudo e se analisou o a formação do conceito de número no estudante. As experiências foram realizadas em formato de jogos e atividades lúdicas. Depois de realizadas e determinada a fase de desenvolvimento do estudante, foram verificadas as dificuldades do estudante em assuntos matemáticos. Após isso, se trabalhou com um material didático, material dourado, para auxiliar a criança em suas dificuldades relacionadas a operações básicas matemáticas. Trabalhou se também com jogos digitais para mostrar que há várias maneiras de se aprender a matemática e uma delas é também virtualmente. Além disso, foram aplicados também testes verificando sua noção de tempo e espaço, pois, de acordo com uma analise prévia observou-se que ele apresentava dificuldades para saber os dias da semana, horários em que vai a escola, meses do ano de dentre outros. Para essas atividades foi enviado um pedido de autorização a escola e aos pais. Realizou-se também entrevistas com a direção e professora, análise documental do laudo do estudante fornecido pela psicóloga da escola e também observação em sala de aula e interação com o aluno em situações pedagógicas.

Trabalho Completo

Aqui

 

Título

Uma introdução à topologia algébrica: o grupo fundamental

Autor

Tulipa Gabriela Guilhermina Juvenal da Silva

Orientador

Rodrigo de Lima

Data Apresentação:

26/11/2014

Área

Topologia

Resumo

A topologia algébrica associa a um determinado espaço topológico uma estrutura algébrica. O grupo fundamental, por exemplo, associa grupos a espaços topológicos conexos por caminhos. Este tipo de tratamento matemático é capaz de fornecer observações e propriedades referentes a grupos, o que não seria possível anteriormente. Tomando o grupo quociente de homotopia por caminhos em um espaço topológico, os quais começam e terminam em um escolhido ponto base, teremos um grupo com a operação produto entre caminhos. A este grupo dá-se o nome de grupo fundamental. O grupo fundamental é invariante topológico. Neste trabalho, foi feito um estudo teórico de todas as definições topológicas necessárias para a compreensão do grupo fundamental do círculo, e uma aplicação ao demonstrar o Teorema fundamental da álgebra utilizando grupos fundamentais. Este estudo teve como elemento base o livro intitulado Topology de James Munkres.

Trabalho Completo

Aqui

 

Título

Matemática Financeira e consumo consciente: contribuições da educação matemática crítica.

Autor

Andressa Aparecida Stefanello Mocellin

Orientador

Valdir Damásio Júnior

Data Apresentação:

27/11/2014

Área

Educação Matemática

Resumo

O presente trabalho tem por principal objetivo apresentar o potencial da utilização das ideias apresentadas pela Educação Matemática Crítica aliadas ao tema consumo na busca por um ensino de matemática voltado para a atuação cidadã dos educandos do Ensino Médio. Para isso, foi discutido sobre papel do consumo na sociedade contemporânea, fenômeno este central na vida cotidiana das pessoas. Apresentamos a matemática financeira como uma possibilidade para incorporar a questão do consumo durante as aulas. A partir disso, realizamos uma experiência que propunha analisar quais as contribuições sociais para alunos do ensino médio a partir da relação entre a Educação Matemática Crítica com a Matemática Financeira no que diz respeito a formação de alunos aptos a viver de forma mais consciente na atual sociedade de consumo.

Trabalho Completo

Aqui

 

Título

Educação matemática e educação ambiental: uma possibilidade para trabalhar com Estatística no Ensino Médio.

Autor

Isabel Cristina Thiel

Orientador

Regina Helena Munhoz

Data Apresentação:

28/11/2014

Área

Educação Matemática

Resumo

Neste trabalho de graduação, em uma primeira etapa, elaboramos o embasamento teórico, sobre Estatística, Educação Ambiental e Educação Matemática. Depois selecionamos três livros didáticos de matemática do Ensino Médio utilizados na rede pública de ensino de Joinville – SC e analisamos os capítulos de Estatística destes livros. Nessas análises verificamos as possíveis abordagens de temas socioambientais presentes no capítulo de Estatística de cada livro e como estas foram desenvolvidas. Além disso, quando necessário, fizemos algumas sugestões de abordagens mais amplas. Após essas análises, elaboramos e apresentamos uma proposta de capítulo de Estatística para o terceiro ano do Ensino Médio, utilizando abordagens socioambientais. Para um possível trabalho futuro, pretende-se desenvolver com alunos essa proposta de capítulo elaborada, objetivando que estes possam perceber a presença de temáticas ambientais em seu cotidiano e como estas podem contribuir com o aprendizado de conceitos estatísticos.

Trabalho Completo

 Aqui

 

Título

Um Estudo Sobre o Desempenho de Alunos na Disciplina de Cálculo Diferencial e Integral I Aplicando Regressão Logística.

Autor

Yvana de Oliveira

Orientador

Elisa Henning

Data Apresentação:

28/11/2014

Área

Estatística

Resumo

Os cursos de engenharia possuem em comum a disciplina Cálculo Diferencial e Integral I (Cálculo I), onde são trabalhados conceitos matemáticos fundamentais, utilizados ao longo da vida acadêmica. Apesar da sua relevância, a disciplina apresenta altos índices de reprovação e este fato originou a busca pela identificação dos fatores intervenientesna aprovação em Cálculo I. Com este objetivo foi ajustado um modelo de Regressão Logística para estimar a probabilidade de aprovação em Cálculo I dos acadêmicos ingressantes nos cursos de engenharia do Centro de Ciências Tecnológicas da Universidade do Estado de Santa Catarina. As variáveis significativas para o modelo obtido foram: hábito de descanso do aluno, hábito de estudo semanal e a nota obtida na prova de admissão na universidade. A partir da análise dos resultados pode-se refletir sobre a importância da base matemática oriunda dos níveis escolares anteriores, da orientação sobre hábitos de saúde e quanto aos hábitos de estudo dos acadêmicos.

Trabalho Completo

Aqui

 

Título

Uma proposta de elaboração de objetos de aprendizagem para o ensino de Estatística Básica para os cursos de Graduação em Engenharia.

Autor

Dátila Cristina Mondini

Orientador

Elisa Henning

Data Apresentação:

01/12/2014

Área

Ensino de Estatística

Resumo

Este trabalho de graduação teve como objetivo a melhoria do ensino da disciplina de Probabilidade e Estatística e Engenharia da Qualidade por meio de objetos de aprendizagem, na forma de vídeo aulas, devido à necessidade de um material de apoio para os alunos e outros interessados. A finalidade é auxiliar na utilização do RStudio, que é um ambiente para computação estatística. Foram feitos somente os vídeos para conteúdos de Estatística Básica para cursos de graduação. Os vídeos abordaram uma introdução ao RStudio, análise exploratória de dados, resolução de exercícios sobre Distribuições Discretas e Contínuas, Teste t (uma amostra), Teste t (duas amostras) e Teste Qui Quadrado. Nos vídeos realizados grava-se a voz de instrução e captura as imagens da tela do computador na qual estão as informações desejadas. Criou-se um canal no YouTube para disponibilizar os vídeos, que foram testados por uma turma de estatística. Além disso, foi feita uma breve revisão bibliográfica sobre objetos de aprendizagem para o ensino de Estatística em cursos de graduação em engenharia.

Trabalho Completo

Aqui